Em 2016 a Adidas lançou um tênis criado especialmente para mulheres, o Pure Boost X (falei dele aqui e tem review dele lá no corrida no ar), e não demorou muito para que os primeiros comentários começarem a surgir. Óbvio que como tudo que surge trazendo inovação, a aprovação do modelo não foi unânime. O público aderiu ao modelo para os treinos na academia e corridas mais curtas.

Pensando nisso e de olho no público feminino que está cada vez mais presente nas corridas de rua, a Adidas criou o Ultra Boost X, uma evolução que na minha opinião se trata da junção de dois modelos: Ultra Boost + Pure Boost X. Tenho uma coisa para dizer sobre essa dobradinha: SUCESSO!

Quando me pedem indicação de tênis da Adidas eu falo muito mais dos modelos que conquistaram meu coração: Glide (que agora passará a ser chamado de SuperNova) e Energy. O Ultra Boost chegou por último e é a escolha certeira para quando viajo e tenho provas (notem a responsabilidade dele!). Quando o assunto é treino, quem assume a liderança são os donos do meu coração.

Eis que surge o Ultra Boost X com a promessa de se tornar um forte aliado para nos ajudar a quebrar barreiras e alcançar (ou até mesmo ultrapassar) nossas metas. Um Ultra Boost desenvolvido para mulheres, que moral!

O Ultra BOOST X tem um formato diferenciado e que foi criado para simular o formato natural do pé feminino durante a corrida.

O que mais intriga no modelo é um espaço que o tênis possui no arco plantar, bem na altura do médio pé, e é aí que senti a tecnologia falar bem mais alto. O Primeknit é responsável por envolver o arco por baixo para proporcionar um suporte adicional, junto com uma parte mais aberta na região dos dedos aumentando a respirabilidade do tênis.
Sobre a respirabilidade, funciona! Usei o tênis no calor de Dubai (com meias) e não senti meus pés aquecidos.

O ajuste do tênis nessa altura do médio pé inspira cuidados para que não haja desconforto. O modelo se ajusta tanto (ele realmente abraça o seu pé, abraça forte!) que em um primeiro momento você pode achar que o modelo está “apertado”. Mas peço para que nesse momento você mantenha a calma e encontre o melhor ajuste do cadarço para que você se beneficie do ajuste perfeito dele.

O contraforte do UltraBOOST X está mais estreito, mas o design em formato de meia permite um ajuste super confortável. Apesar do modelo parecer uma meia eu não me adaptei ao utilizá-lo sem meias. Fiz uma única tentativa e não vou refazer só para forçar uma adaptação para correr sem meias. Dica: Usem uma meia mais alta!

A famosa entressola 100% BOOST continua oferecendo um excelente retorno de energia e o solado Continental Rubber 4-way é bem aderente e segurou a onda em terrenos molhados (calçada com pedras portuguesas).

Das perguntas que já me fizeram: 

Ele não é instável como o Pure Boost na hora de correr? Eu não testei o Pure Boost X mas o Ultra Boost X foi desenvolvido para corridas mais longas. Não senti instabilidade alguma ao correr com o modelo.

Ele não incomoda no calcanhar? No meu caso só incomodou quando tentei usar o modelo sem meia. Fora isso, utilizando meias adequadas, o conforto esteve presente do início ao final do treino.

E aquele buraco, não incomoda no médio pé? Não! Sinto que que existe um ajuste nessa região mas ela se molda perfeitamente ao correr. É nesse momento você consegue perceber parte da tecnologia atuando e é também nesse momento que eu sinto orgulho de correr desde 2009 e de ter esse espaço para compartilhar essas avaliações com vocês.

Já corri mais de 80km com ele e só por isso me senti confortável para realizar a avaliação do Ultra Boost X e para avançar nas distâncias. Tenho algumas provas de 21km pela frente e pelos treinos que realizei até agora o modelo promete não me decepcionar nas distâncias acima de 10km.

Lembrando que os relatos e opiniões refletem as minhas percepções e experiências como corredora amadora, sendo elas pessoais e intransferíveis.

Ficha técnica do modelo: 

Preço sugerido: R$ 899,99 (site adidas.com.br)

  • Tipo de corrida: neutra
  • Peso: 234 g (tamanho 36)
  • Diferença de altura entre o calcanhar e a ponta do pé: 10 mm (calcanhar: 29 mm / ponta do pé: 19 mm)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *