Abu Dhabi – Dicas Pontos Turísticos (Parte I)

Abu Dhabi – Dicas Pontos Turísticos (Parte I)

Foi em 2015 que fizemos as malas e nos encantamos por Abu Dhabi, a Capital dos Emirados Árabes Unidos, uma viagem inesquecível e até hoje um dos destinos mais fascinantes.

Existem ainda outros 6 emirados: Dubai, Sharjah, Ajman, Umm al-Quwain, Ras al-Khaimah e Fujairah.

Se não existisse uma motivação maior por trás de ssa viagem (visitar um casal de amigos e suas filhas que estão morando por lá há mais de 5 anos), é bem provável que levássemos mais tempo para incluir a capital dos Emirados Árabes Unidos (o maior de todos os Emirados com 86,7% da área total do país, excluindo as ilhas) em nosso roteiro. O motivo? Vamos citar dois!

  • Falta de um guia parecido com esse 🙂 É bom ter dicas de roteiros que foram realizados (ou até mesmo como foi no caso do Japão, que entrou para wishlist) por gente como a gente, certo?
  • Falta de criatividade para planejar um roteiro que saísse do padrão (repararam que não existe falta de criatividade por aqui, certo? O post sobre Osaka, no Japão é um bom exemplo disso 😉

Abu Dhabi apesar de ser mais aberta aos costumes ocidentais é necessário ficar atento e buscar informações para manter o respeito aos costumes locais e não passar por problemas. Por exemplo, uma simples demonstração de afeto em público pode render até 10 anos de prisão.  Depois faremos um post contando sobre o que é permitido ou não por lá.

Agora vamos contar o que  foi que aproveitamos (sem moderação!) quando visitamos a capital pela primeira vez.

Corniche Beach

A Corniche Beach, que fica na avenida Corniche Road, reúne entre 30.000 a 50.000 visitantes todos os meses.
As praias são separadas em seções para famílias, turistas e público em geral. O estacionamento é gratuito e possui mais de 1.100 vagas, mas nós usamos o transporte público durante toda nossa viagem.

Durante a semana normalmente você encontra facilmente um guarda-sol à disposição, mas nos fins de semana é preciso chegar cedo para garantir o seu. Outra curiosidade sobre a praia é que não é possível nadar para muito longe pois existem cercas flutuantes delimitando 40 metros da praia que ainda conta com diversos salva-vidas. Existem seguranças para garantir que ninguém invada o espaço do outro, é melhor respeitar.

Curiosidade: Existe uma taxa para quem desejar acessar a praia para famílias ou turistas, custa AED 10 por pessoa e AED 5 por criança.

Não curte praia? É possível alugar bikes e karts para conhecer toda a extensão da Corniche, utilizar o calçadão para praticar exercícios ou apreciar o visual enquanto frequenta um dos vários quiosques espalhados pela orla.

Uma magnífica obra arquitetônica, este complexo de cinco torres convida residentes e visitantes a viver, trabalhar, fazer compras e almoçar ou jantar num só lugar com uma vista panorâmica da cidade e do Golfo Pérsico.

Etihad Towers

Escolhemos essa foto da Etihad Towers para que vocês tenham uma prévia do que vista que terão ao visitar a plataforma de observação que fica no 74º andar da segunda torre. O complexo é uma referência em termos de luxo e conta com três torres residenciais e uma torre de 280 metros de altura que hospeda o hotel cinco estrelas Jumeirah at Etihad Towers.

Para visitar o Observation Deck at 300 você precisa pagar uma taxa de entrada que custa AED 85. Seu ingresso vem acompanhado de um voucher no valor de AED 50 que deverá ser utilizado no mesmo dia da sua visita. Nós aproveitamos a visita para apreciar o entardecer e provar algumas das muitas opções do menu.

Em breve visitaremos novamente a Etihad Towers para apreciar a vista, que já deve ter se transformado bastante desde a nossa primeira viagem, e para provar o famoso chá da tarde. É necessário agendar com ao menos um dia de antecedência,viu? O chá da tarde custa AED 175 por pessoa + taxas e as mesas são super concorridas.

Clique aqui para obter maiores informações e para planejar sua visita.

Yas Marina Circuit

O circuito foi inaugurado em 2009 e é muito frequentado pelos moradores de Abu Dhabi não só por realizar anualmente a FORMULA 1 ETIHAD AIRWAYS ABU DHABI GRAND PRIX, mas pelas atividades gratuitas que são oferecidas para a população. 

O circuito oferece programas semanais – StartYAS, TrainYAS e GoYAS by Damian’s ActiveLife – e realiza alguns eventos durante o ano – ADNIC YAS RUN, TriYas, CycleYAS e o Walkathon de Diabetes dos Emirados Árabes Unidos. Os amantes de F1 podem ainda experimentar fortes emoções no Kartzone, dirigindo um Aston Martin GT4 em mais de 200 km / hora em um circuito de F1.

Nós nos cadastramos no site e corremos por todo o circuito, foi em uma terça-feira. Agora queremos voltar para pedalar por lá, eles disponibilizam bicicletas mas é preciso chegar bem cedo.

Sheikh Zayed Grand Mosque

A Gran Mezquita Sheikh Zayed tem nada menos do que 20.000 m2 e é a maior mesquita dos EAU e é também o último lugar de descanso de seu fundador Sheikh Zayed bin Sultan Al Nahyan que faleceu em 2004. É praticamente impossível descrever a mesquita com palavras, só mesmo conhecendo para ter consciência do seu tamanho e beleza.

Diferente de outras mesquitas ela é aberta a todos os visitantes – gratuitamente – e com a opção de um tour guiado de uma hora que é imprescindível como introdução da religião mulçumana e a cultura árabe. Nós fizemos a visita com nossos amigos mas na próxima visita faremos o tour guiado para saber mais sobre a história por trás dessa belíssima construção.

A mesquita é um local de oração e os visitantes devem estar devidamente vestidos no dia da visita, caso contrário à entrada não será permitida. Se você não estiver vestindo trajes apropriados, que cubram o corpo e a cabeça, poderá utilizar um traje típico árabe que é oferecido gratuitamente (abayas). 

A mesquita é aberta para orações durante todo o dia. A visita de não muçulmanos é permitida das 9h as 22h todos os dias, exceto nas manhãs de sexta-feira que é apenas para os adoradores. Acesse o site para obter maiores informações sobre a mesquita e sobre os horários das visitas guiadas.

Ferrari World Abu Dhabi

A montanha russa desse parque, a Formula Rossa (a mais rápida do mundo e que atinge 240km/h) foi a única coisa que conseguiu me deixar quieta até hoje. Juro! Só vá nessa atração se você realmente tiver uma forte atração por adrenalina, eu tenho e saí de pernas bambas.

O parque possuí muitas outras atrações para os amantes de carros e F1, além de bons restaurantes e uma loja da Ferrari criada especialmente para deixar qualquer um louco e com várias sacolas nas mãos. Além da Formula Rossa também curti o Karting Academy e Sergio se esbaldou no simulador ao dirigir uma Ferrari.

Acessem o site para conhecer todas as atrações e para um preparo prévio, físico e psicológico.

Flying Reimagined

Foi voltando do Parque da Ferrari que presenciamos uma das cenas mais bacanas e curiosas da nossa viagem. O motorista parou o ônibus e falou algo que não consegui entender em um primeiro momento, mas depois que vi o motivo da parada eu consegui entender aquela frase com o sotaque carregado “time to pray”. Ninguém se incomodou por ele ter interrompido a viagem e estendido seu tapete para fazer uma das suas 5 orações diárias, e eu me emocionei com toda aquela situação.

Não temos uma cultura similar aqui no Brasil mas ao visitar outro país precisamos nos adaptar, seguir e respeitar seus costumes. Praticar a empatia com outras culturas deveria ser item obrigatório para todos os viajantes 🙂

Gostou das dicas? Comece agora mesmo a planejar sua próxima viagem!

Logo_120x60
Logo 120x60 - CVC

 



3 thoughts on “Abu Dhabi – Dicas Pontos Turísticos (Parte I)”

  • Que bacana esse post! Estou de viagem marcada pra Abu Dhabi dia 03/03 e essas informações vêm em ótima hora. Vocês conseguiram correr por lá? Como foi? Me preocupo com a roupa que irei usar. Estou aqui torcendo pelos novos posts! Tomara que consigam escrever antes da minha ida. 😉

    • Oi Dani, tudo bem? Eu corri sim e arrisquei usar um short pq estava correndo com o meu marido, tb optei por usar camisa de manga curta.
      Eu evitaria usar camiseta mostrando os ombros ou correr somente com o top. Se estivesse sozinha usaria uma bermuda até o joelho ou uma calça, e manteria a camisa de manga curta.
      Quem bom que curtiu o post, nós tb estaremos por aí em março mas em outra data. Pode deixar que vou acelerar o próximo post, sairá antes da sua ida para Abu Dhabi 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Translate »
Inline
Curta nossa FanPage :)
Inline
Curta nossa FanPage :)